Notícia

Brasileiros irão às urnas neste domingo (7)

Out 3
  2018

Mais de 145 milhões de eleitores vão escolher representantes do Executivo e Legislativo federal e estadual

As Eleições 2018 no Brasil acontecem neste domingo dia 07 de outubro, em primeiro turno. Mais de 145 milhões de eleitores de todo o país e residentes no exterior vão às urnas eleger ocupantes para os cargos de deputado estadual, federal, senadores, governador e presidente da República, sendo que fora do território nacional é possível votar apenas nesse último citado.

As seções eleitorais abrirão às 8h (no horário local do município), e às 17h a votação é encerrada. Todos os eleitores brasileiros votam na urna eletrônica, considerada pela Justiça Eleitoral o que há de mais moderno em termos de segurança da informação para garantir a integridade, a autenticidade e o sigilo do voto.

O Tribunal Superior Eleitoral lembra que esses mecanismos foram postos à prova durante os Testes Públicos de Segurança realizados em 2009 e 2012, nos quais nenhuma tentativa de adulteração dos sistemas ou dos resultados da votação obteve êxito. As urnas não têm ligação nenhuma com a internet ou qualquer meio de transmissão de dados. O único cabo que elas possuem é o de energia, o que evita a invasão por hackers.

Biometria

Metade do eleitorado brasileiro será identificada por biometria nas eleições de 2018, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). São 73,7 milhões de eleitores, ou 50% de todas as pessoas aptas a votar no país. Um total de 3.368 milhões de eleitores não compareceram no início do ano para realizar o cadastramento biométrico e não poderão votar porque tiveram seus títulos cancelados.

Boca de urna

Outro aspecto importante dessas eleições é lembrar que constituem crimes, no dia da eleição, o uso de alto-falantes e amplificadores de som ou a promoção de comício ou carreata, bem como a divulgação de qualquer espécie de propaganda de partidos políticos ou de seus candidatos. Ao eleitor que for flagrado praticando tais crimes de boca de urna receberá punições.

Ausência

É importante esclarecer que o eleitor deverá apresentar uma justificativa para cada turno que deixar de votar. O eleitor que não votar e não justificar a ausência do voto por três vezes consecutivas terá sua inscrição eleitoral cancelada e, consequentemente, seu CPF será suspenso.

Em caso de 2º turno, os eleitores retornam as urnas no dia 28 de outubro, de acordo com o calendário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O direito ao voto é um princípio fundamental da nossa Constituição. Exerça sua cidadania escolhendo os seus representantes. Bom voto!