Notícia

Educação nos municípios baianos terá plano de formação continuada

Out 30
  2019

Encontro no IAT promovido pela Secretaria da Educação, UPB e Unidime cria diretrizes do plano de formação dos educadores 

Gestores municipais de educação e equipes técnico-pedagógicas de 185 municípios baianos participam do primeiro Encontro de Formação Continuada em Regime de Colaboração realizado no Instituto Anísio Teixeira (IAT) em Salvador, de ontem (29) até esta quinta (31). O encontro compreende a palestras e oficinas, promovidas pela Secretaria da Educação do Estado (SEC), a União dos Municípios da Bahia (UPB) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime-BA), com foco na criação de um plano de formação continuada.

O diretor da UPB, Marcão Cardoso, representou o presidente da UPB, Eures Ribeiro, nesse segundo dia do encontro. Ele ressaltou a criação do tripé com estado, municípios e representação dos gestores municipais para o fortalecimento da educação na Bahia. “Quando a gente deixa de pensar em redes, cada um no seu quadrado, a gente fortalece a educação para os munícipes. Estamos aqui hoje construindo essa formação com aproximadamente 100 municípios, tivemos ontem outra etapa e teremos mais uma, abrangendo todos os municípios do estado para o aproveitamento pedagógico tendo em vista que os alunos terão um profissional mais preparado para sala de aula”, explicou.

O plano a ser construído nesta fase para a formação continuada dos professores é tido como a oportunidade de atualizar as práticas pedagógicas e melhorarem os índices da educação, de acordo com o secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues. O secretário destaca ainda que a agenda, determinada pelo Governador Rui Costa, faz parte de “um diálogo permanente” estabelecido com a UPB, desde as demandas colocadas no Encontro de Prefeitos, em setembro, com a articulação do prefeito Marcão.



 Segundo Rodrigues, após esta etapa de escuta dos gestores municipais, em 2020, a SEC irá “encurtar distância e fazer formações territoriais para esclarecer os caminhos de uma educação de qualidade para desenvolver a economia a cultura e o social do estado baiano”. Nesta edição do evento o foco foi orientar ações para o Ensino Fundamental II, que vai do 6º ao 9º ano. 

A diretora Geral do IAT, Cibele Oliveira, reforça que a ação é “histórica” por reunir as forças entre UPB, UNDIME e SEC. Ela destacou a importância de construir um plano ouvindo às demandas dos municípios. “Hoje, estamos reunindo as equipes pedagógicas, os gestores de educação, escrevendo com esses municípios como será esse plano de formação. É muito importante que a gente escute e faça a escrita conjunta com eles”.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Certificado

Eventos, Palestras e Cursos

Redes Sociais

Links Úteis