Notícia

TRE realiza processo de inseminação e lacração das urnas na Bahia

Nov 9
  2020

Segundo informações da TRE, na capital, procedimento ocorrerá até o dia 12 de novembro, no Centro de Apoio Técnico (CAT), em Porto Seco Pirajá.

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) iniciou, na terça-feira (3), o processo de inseminação e lacração das urnas eletrônicas que vão ser usadas pelas 19 Zonas Eleitorais de Salvador nas Eleições Municipais 2020, no dia 15 de novembro. Um processo semelhante está sendo feito nas 186 urnas do interior do estado.

Segundo informações da TRE, na capital, o procedimento ocorrerá até o dia 12 de novembro, no Centro de Apoio Técnico (CAT), em Porto Seco Pirajá.

De acordo com o órgão eleitoral, a inseminação consiste em transferir para as urnas os dados dos candidatos e eleitores. Após a inserção dos dados são realizados testes nos equipamentos para garantir que elas estarão em pleno funcionamento no dia do pleito.

Após este procedimento, os equipamentos recebem lacres especiais, criados pela Casa da Moeda, que garantem que não vai haver a inviabilidade da urna até o encerramento das eleições.

O TRE-BA informou que o acompanhamento da inseminação e lacração é importante para a comprovação da segurança do sistema eleitoral. Por causa disso, foram convidados a participar do processo, representantes de partidos políticos, da Ordem dos Advogados e do Ministério Público Eleitoral.

Informações: G1 Bahia

Certificado

Eventos, Palestras e Cursos

Redes Sociais

Links Úteis