Notícia

UPB questiona e secretário da saúde afirma que governo vai pagar repasses

Jun 23
  2020

Entendimento aconteceu durante reunião virtual, com participação do presidente Eures Ribeiro e da Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc), nesta terça-feira (23)

Aconteceu na tarde desta terça-feira, dia 23, a reunião da Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc) com a Secretaria de Saúde do estado. No encontro, intermediado pela União dos Municípios da Bahia UPB, foram debatidas pautas relacionadas ao enfretamento da Covid-19 pelos municípios da região. 

Na oportunidade, o presidente da UPB, vice-presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro, questionou os repasses em atraso do Samu, Programa de Saúde da Família (PSF) e laboratórios. O secretário de saúde, Fábio Vilas-Boas, afirmou que os valores serão regularizados. “O governador determinou que nós quitássemos todas as prestações atrasadas e eu vibrei porque estava ao lado o secretário da fazenda - Manoel Vitório. Desta forma serão transferidos os recursos e mantidos os compromissos em dia com os municípios”, disse.

Noticia que foi celebrada pelo presidente Eures e pelo superintendente da UPB, Leonardo Minho. “Por mais que os municípios estejam enfrentando uma pandemia existem outras ações da saúde e da assistência social para dar continuidade e a gente precisa cobrar dos governos estadual e federal”, disse Leonardo.

Ações conjuntas de enfrentamento ao COVID-19; regulação; leitos de UTIs; ampliação dos testes PCR, através dos laboratórios da UESC e UFSB; fornecimento de EPIS; regulação e tratamento dos pacientes oncológicos; e retorno das Cirurgias eletivas estiveram entre os assuntos discutidos na reunião. 

“Essa é uma crise que nunca vivenciamos e tudo que fazemos é matar um leão por dia. Você resolve um problema e aparecem vários, por isso a importância do diálogo entre os municípios e o Governo do Estado em prol do combate ao coronavírus”, disse o presidente Eures. O presidente de Amurc e prefeito de Firmino Alves, Aurelino Moreno da Cunha Neto, conhecido como Lero Cunha, reafirmou a necessidade do apoio do estado. “O governo tem dado muito apoio a nossa região, mas nessa reunião viemos pedir ainda mais, com demandas específicas listadas”, disse.

Para o secretário da saúde “a região cacaueira apresentou uma reposta exemplar nesse enfrentamento e o desafio agora é continuar mantendo essa vigilância epidemiológica e o controle da progressão”. O secretário Fábio Vilas-Boas complementou que “o governo do criou uma comissão interinstitucional para construir o processo de reabertura”.  

Ao final os representantes da Amurc ficaram de enviar um oficio com as demandas e os encaminhamentos definidos em reunião.

Certificado

Eventos, Palestras e Cursos

Redes Sociais

Links Úteis