Notícia

Velho Chico: o rio mais importante do Brasil


Mar 14
  2016

“São Francisco é patrimônio de milhões de sertanejos que vivem nesse sertão, cantado em tantas canções, falado em muitas poesias, banhando todo sertão”, já dizia o compositor Marcos Fernandes na canção de nome Rio São Francisco. E de fato é. O Velho Chico, como é carinhosamente chamado, será cenário de novela. Todos os olhos estarão voltados para o maior rio totalmente brasileiro e que possui uma enorme importância econômica, social e cultural.

 VelhoChico01

O rio São Francisco é um dos mais importantes cursos d'água do Brasil e da América do Sul. Passando por 5 estados e 521 municípios, tem sua nascente geográfica no município de Medeiros e sua nascente histórica na serra da Canastra, no município de São Roque de Minas, centro-oeste de Minas Gerais. Seu percurso atravessa o estado da Bahia, fazendo sua divisa ao norte com Pernambuco, faz divisa natural dos estados de Sergipe e Alagoas e deságua no oceano Atlântico, drenando uma área de aproximadamente 641.000 km².

Sobre a economia vale ressaltar algumas informações. Na região do Baixo São Francisco, a população ribeirinha, que vive na beira do rio, tem sua economia baseada na agropecuária e pesca. Diversas mercadorias são transportadas ao longo do curso, como cimento, sal, açúcar, arroz, soja, manufaturas, madeira e gipsita.

 VelhoChico02

O Velho Chico tem uma enorme importância para o desenvolvimento do Nordeste. Nas regiões do Alto, Médio e Submédio possui indústrias e agroindústrias. As cidades de Petrolina e Juazeiro passam por um grande desenvolvimento devido à agricultura irrigada pelo rio e são regiões importantes na produção de frutas. O rio oferece também condições de navegação o ano inteiro.

Quando se fala no rio São Francisco, o projeto de transposição é um dos temas mais lembrados. É um assunto bastante polêmico, porque envolve a tentativa de solucionar um problema que há muito tempo afeta as populações do semi-árido, a seca, porém, pelo ponto de vista ambiental, irá afetá-lo tanto pela sua extensão e importância na manutenção da biodiversidade, quanto pela sua utilização em transportes e abastecimento.

De acordo com o Ministério da Integração, a transposição do São Francisco será concluída até 2017. No total são 477 quilômetros de extensão das obras, que beneficiará mais de 12 milhões de nordestinos em 390 cidades dos estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte.

A presidenta Dilma Rousseff disse que é a obra de maior prioridade do seu governo. "A integração do São Francisco é uma realidade muito importante para o Brasil e eu considero que, no meu período de governo, é a obra mais prioritária do ponto de vista do efeito que ela terá na vida de milhões de moradores aqui do semi-árido", afirma. Ela faz menção ao problema da seca na história do país e especialmente aos longos períodos de estiagem que ocorreu em 2015, considerada a maior estiagem nos últimos 80 anos.

Essencial em diversos aspectos, o Velho Chico é uma das maiores riquezas do nordeste e é preciso cuidar, por que é um patrimônio do povo brasileiro. Entre suas águas tem riqueza, beleza, relevância econômica, entre outros fatores que o tornam um dos mais importantes do país.

Certificado

Eventos, Palestras e Cursos

Redes Sociais

Links Úteis